08/11/2009

Não!

Mudei de ideia! É péssimo gostar de alguém e não ser correspondido, péssimo! Dói, machuca, faz a gente chorar e ficar triste. Passamos o dia inteiro numa tortura platônica pensando na pessoa: o que será que tá fazendo agora? Por onde anda? É terrível!

Passamos os dias na maior fossa, querendo o amor ao lado sem poder tê-lo, desejando mãos dadas, beijos e abraços carinhosos... É angustiante como diz na música: "Eu carrego comigo a grande agonia de pensar em você toda hora do dia...".

Eu quero um coração de pedra. Agora! Cheeeeeeeeeeeeeeeeeeeega....

E logo eu, que nem fã de Roberto Carlos sou, lembrei dessa música:

"Agora não vou mais chorar
Cansei de esperar
De esperar enfim
E pra começar eu só vou gostar
De quem gosta de mim
Não quero com isso dizer que o amor
Não é bom sentimento
A vida é tão bela
Quando a gente ama e tem um amor
Por isso é que eu vou mudar
Não quero ficar chorando até o fim
E pra não chorar
Eu só vou gostar de quem gosta de mim
Não vai ser fácil eu bem sei
Eu já procurei
Não encontrei meu bem
A vida é assim
Eu falo por mim
Pois eu vivo sem ninguém..."

Assim seja :(

Um comentário:

Solange lima disse...

Ah o amor!
Não escolhe idade, sexo, gosto, status social, raça, cor... E muito menos se permite ser controlado por quem quer que seja. Ele faz o tempo e escolhe a trilha sonora.